Agende sua consulta
Fale conosco pelo WhatsApp
Conheça o tratamento para descolamento de retina
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
09/02/2024

A escolha terapêutica para tratar a condição depende de diversos fatores, como gravidade e extensão do descolamento

A retina é uma membrana fina que reveste a superfície interna da parte posterior do globo ocular. É ela que converte a imagem luminosa do meio exterior em impulsos elétricos que, através do nervo óptico, são enviados para a área do cérebro em que se processa a visão. Ela não possui nenhuma estrutura que a prenda ao globo ocular.

Diversas condições podem afetar os olhos. Uma delas é o descolamento de retina, uma emergência em que a retina se afasta da sua posição normal na parte de trás dos olhos, levando a um embaçamento da visão.

O descolamento de retina separa as células da retina da camada de vasos sanguíneos que fornece oxigênio e nutrição ao olho. Quanto mais tempo demorar para o descolamento de retina ser tratado, maior o risco de perda permanente da visão no olho afetado.

Saiba mais sobre essa condição, como é diagnosticada e qual o tratamento para descolamento de retina lendo o texto a seguir.

Trate com a clínica CEMO o deslocamento de retina

O que causa o descolamento de retina?

O descolamento de retina pode ocorrer por três razões:

  • Quando o vítreo, um gel transparente que preenche a cavidade posterior do olho, por alguma razão, puxa a retina, causando sua ruptura. A esse tipo de descolamento se dá o nome de regmatogênico. As causas mais comuns deste tipo de descolamento estão relacionadas à idade e a um grau de miopia elevado.
  • Quando ocorre uma formação de vasos sanguíneos anormais na retina. Isso pode levar à formação de tecido cicatricial que pode puxar a retina e separá-la da parede posterior do olho. A esse tipo de descolamento se dá o nome de descolamento tracional de retina. As retinopatias diabética e proliferativa são algumas das causas.
  • Quando ocorre um acúmulo de líquido sob a retina, mas não há sua ruptura. Essa condição recebe o nome de descolamento exsudativo de retina. As principais causas que levam a ela são os tumores oculares e hipertensão não controlada.

Como é realizado o diagnóstico?

Os principais exames que podem diagnosticar o descolamento de retina incluem:

  • Mapeamento da retina;
  • Exame clínico de fundo de olho feito com a pupila dilatada;
  • Tomografia de coerência óptica (OCT);
  • Ultrassom ocular.

Tratamento para descolamento de retina

O tratamento para descolamento de retina é determinado conforme a gravidade e extensão do problema. Em geral, o tratamento para descolamento de retina é feito com:

Cirurgia a laser

Também chamada de fotocoagulação, esta cirurgia é um tratamento para descolamento de retina no qual o cirurgião direciona um feixe de laser para o olho através da pupila, causando um aquecimento controlado. Com isso, um tecido cicatricial se forma no local, o que evita a entrada de líquido de dentro do olho para a parte de baixo da retina.

Cirurgia de retina e vítreo

Na cirurgia de retina e vítreo, o oftalmologista remove o vítreo que puxa a retina, substituindo-o por uma solução salina, gás ou óleo de silicone. Esses elementos empurram a retina para o lugar para que ela possa cicatrizar corretamente. Eventualmente, a solução salina ou o gás será absorvido pelo organismo, e o espaço vítreo será preenchido com fluido corporal. Se o óleo de silicone for usado, ele pode ser removido cirurgicamente meses depois.

Trate com a clínica CEMO o deslocamento de retina

Retinopatia pneumática

Neste tipo de tratamento para descolamento de retina, o médico aplica uma injeção de gás na cavidade ocupada pelo vítreo com o objetivo de pressionar a área descolada da retina e impedir a passagem desse gel pelo rasgo que se formou. Tanto o gás injetado quanto o fluido sob a retina serão aos poucos reabsorvidos pelo organismo.

Retinopexia

Uma faixa ou esponja de silicone é implantada ao redor do globo ocular para pressionar a esclera (o branco dos olhos). O objetivo deste tratamento para descolamento de retina é fornecer apoio à retina e facilitar sua aderência.

Onde realizar o tratamento para descolamento de retina?

O descolamento de retina é uma emergência médica que pode levar à perda permanente da visão. Seu tratamento imediato deve ser feito por especialistas em descolamento de retina. A Clínica CEMO possui mais de 20 anos de atividade e realizou mais de 100 mil atendimentos nessas duas décadas. Seus renomados profissionais atendem desde os casos mais comuns até os de alta complexidade nas áreas de retina, glaucoma, estrabismo, cirurgias refrativas, entre outras.

Entre em contato com a Clínica CEMO e agende sua consulta.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Oftalmologia

Mayo Clinic

National Eye Institute

Cleveland Clinic